O X Congresso Internacional de Pesquisa Bíblica promovido pela ABIB acontecerá nos dias 20 a 23 de agosto de 2024, na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-Minas), na cidade de Belo Horizonte – MG, com o tema “Apócrifos e Extracanônicos”.

 

Justificativa do tema e ementa

O processo de definição do cânon bíblico foi lento e, sob alguns aspectos, conflituoso. Para o Antigo/Primeiro Testamento, há ao menos dois cânones oficiais: o da Bíblia Hebraica e o da Bíblia Grega (Septuaginta). Enquanto o judaísmo pós-queda de Jerusalém em 70 e.c. optou unicamente pelo cânon hebraico, as Igrejas cristãs optaram por adotar também alguns livros do cânon grego, sem, contudo, que houvesse um consenso. Por esta razão, há diferentes cânones do Antigo/Primeiro Testamento: católico, protestante e ortodoxos (no plural, porque também há falta de consenso interno).

Para o Novo/Segundo Testamento, o processo de aceitação foi ainda mais difícil e somente no IV século e.c., após o período das perseguições, as comunidades cristãs chegaram a uma unificação do cânon neotestamentário.

Esta divergência de cânones gerou também uma divergência quanto à nomenclatura para os livros não aceitos nos cânones oficiais: apócrifos, pseudoepigráficos, deuterocanônicos, extracanônicos, parabíblicos, anagignoskómena. Com a nomenclatura, vai também a opção ideológica e, por conseguinte, o preconceito em relação aos livros não considerados “canônicos”. Não obstante, estes mesmos livros refletem diferentes momentos da caminhada de fé do judaísmo e do cristianismo e, portanto, em algum momento, por alguma(s) comunidade(s), foram considerados inspirados e canônicos.

Este congresso da Abib pretende apresentar e discutir a importância deste corpo literário que, não obstante proscrito dos cânones oficiais, exerceu e ainda exerce grande influência, tanto no judaísmo, no cristianismo e em doutrinas exotéricas.

 

Convidados internacionais

Magdalena Díaz Araújo

Argentina, professora de duas universidades naquele país: Universidad Nacional de Cuyo, em Mendoza, e Universidad Nacional de La Rioja, em La Rioja.

Doutorou-se em História das Religiões e Antropologia Religiosa (2012) pela Universidade Paris IV-Sorbonne, com a tese “A representação da mulher e a invenção do ‘pecado da carne’ na vida grega de Adão e Eva”. Suas áreas de pesquisa são Judaísmo do Segundo Templo e Cristianismo Primitivo, Apócrifos e Pseudepigrapha, Estudos de Gênero e Estética. É autora de diversos artigos e resenhas em revistas internacionais e volumes de trabalhos coletivos.

Ela fará duas conferências em nosso congresso:

1) Yahoel, Barbēlō y Metatron. Polissemias entre o Judaísmo apocalíptico e os textos gnósticos.
Esta conferência analisa diferentes referências e vínculos entre estes personagens em livros de círculos gnósticos: Vida grega de Adão e Eva, Apocalipse de Abraão, Evangelho dos Egípcios, Zostriano, Alógeno e Terceiro Livro de Henoc.

2) Todos os males de Eva. Um olhar decolonial sobre diversos apócrifos do Antigo/Primeiro Testamento.
Esta conferência tratará das diferentes características e significados das figuras de Adão e Eva nos escritos do Judaísmo do Segundo Templo. Adão e Eva aparecem frequentemente no Segundo Livro de Henoc, Quarto Livro de Esdras, Oráculos Sibilinos e Jubileus, entre outros.

Matthias Henze

Alemão residente nos Estados Unidos da América, professor na Rice University, em Houston, Texas.

Doutorou-se na Harvard University (1997), no Departamento de Línguas e Civilizações do Oriente Próximo. Após seu doutorado, ingressou no Departamento de Religião da Rice University, onde agora é professor de Hebraico Bíblico e Judaísmo Antigo. Suas áreas de interesse incluem a Bíblia Hebraica, a literatura e o pensamento judaico na época do Segundo Templo, a literatura apocalíptica e os fragmentos de Qumran. Em particular, concentra-se nos textos que nunca se tornaram parte da Bíblia judaica e o que podemos aprender quando esses textos são lidos lado a lado com os escritos canônicos.

Suas duas conferências em nosso congresso serão:

1) 1Henoc e a pesquisa atual sobre livros pseudoepigráficos do Antigo/Primeiro Testamento.
Nesta conferência, 1Henoc será usado como exemplo para mostrar tendências recentes no estudo dos livros apócrifos/extracanônicos do Antigo/Primeiro Testamento. Mais do que um levantamento, trata-se de uma reflexão sobre o estado da pesquisa: perspectivas, desafios, conquistas e limites.

2) Tempo e temporalidade nos primeiros apocalipses judaicos.
Nos últimos anos, as diferentes construções do tempo nos primeiros escritos judaicos têm atraído muita atenção. Os autores judeus antigos simplesmente não pensam em termos de passado, presente e futuro. Esta palestra focará nos escritos apocalípticos e examinará suas diferentes maneiras de pensar a passagem do tempo.

 

Programação

Terça-feira (20/08)

14:00 – Credenciamento

17:00 – Assembleia ordinária da Abib (1ª parte)

19:00 – Abertura e momento cultural

20:00 – Conferência inaugural:
Jacir de Freitas Faria:
Delimitação do tema e estado da arte

Quarta-feira (21/08)

08:00 – 09:00 – Grupos Temáticos (GTs)

09:00 – 09:30 – Café

09:30 – 11:00 – Plenária: Conferência 1:
Matthias Henze:
1Henoc e a pesquisa atual sobre livros pseudoepigráficos do Antigo/Primeiro Testamento

11:00 – 12:30 – Encontro dos Regionais Abib

12:30 – 14:00 – Almoço

14:00 – 15:30 – Mesa temática 1

15:30 – 16:00 – Café

16:00 – 17:30 – Grupos Temáticos (GTs)

17:30 – 18:30 – Intervalo

18:30 – 20:00 – Plenária: Conferência 2:
Magdalena Díaz Araújo:
Yahoel, Barbēlō y Metatron. Polissemias entre o Judaísmo apocalíptico e os textos gnósticos

20:00 – Lançamento de livros e coquetel

Quinta-feira (22/08)

08:00 – 09:00 – Grupos Temáticos (GTs)

09:00 – 09:30 – Café

09:30 – 11:00 – Plenária: Conferência 3:
Matthias Henze:
Tempo e temporalidade nos primeiros apocalipses judaicos

11:00 – 12:30 – Mesa temática 2:

12:30 – 14:00 – Almoço

14:00 – 15:30 – Minicursos

15:30 – 16:00 – Café

16:00 – 17:30 – Minicursos

17:30 – 18:30 – Intervalo

18:30 – 20:30 – Assembleia ordinária da Abib (2ª parte) –
Eleição da nova diretoria

Sexta-feira (23/08)

08:00 – 09:00 – Grupos Temáticos (GTs)

09:00 – 09:30 – Café

09:30 – 11:00 – Plenária: Conferência 4:
Magdalena Díaz Araújo:
Todos os males de Eva. Um olhar decolonial sobre diversos apócrifos do Antigo/Primeiro Testamento

11:00 – 12:00 – Mesa temática 3

12:00 – 13:00 Assembleia ordinária da Abib (parte final) –
Posse da nova diretoria

 

Grupos temáticos (com comunicações)

  • GT 1 – Torá / Pentateuco
  • GT 2 – Nebi’îm / Profetas (anteriores e posteriores)
  • GT 3 – Ketubîm / Escritos
  • GT 4 – Deuterocanônicos, apócrifos e extracanônicos
  • GT 5 – Literatura sinótica (Mateus, Marcos, Lucas-Atos)
  • GT 6 – Corpo joanino e cartas católicas
  • GT 7 – Paulo e cartas paulinas
  • GT 8 – História e arqueologia
  • GT 9 – Tradução da Bíblia: teorias, ferramentas e desafios
  • GT 10 – Uma Bíblia, muitas interpretações

Inscrições abertas até 30 de junho de 2024

Para ementas dos grupos temáticos e orientações para a escolha, clique AQUI.

 

Inscrições: prazos e valores

Para inscrições até 31 de maio de 2024:
     – Associados Abib (estudantes ou não): R$ 203,00
     – Professores não associados Abib: R$ 253,00
     – Estudantes não associados Abib: R$ 213,00
             (obrigatório enviar comprovação de matrícula em 2024)

Para inscrições após 01 de junho de 2024:
     – Associados Abib (estudantes ou não): R$ 233,00
     – Professores não associados Abib: R$ 303,00
     – Estudantes não associados Abib: R$ 243,00
             (obrigatório enviar comprovação de matrícula em 2024)

No formulário de inscrição, é já possível propor uma comunicação para um dos GTs e incluir um livro que você tenha publicado no momento de lançamento de livros.

Para ajuda sobre o formulário de inscrição, assista até o final ESTE VÍDEO.

Para inscrever-se, clique AQUI.

 

Sobre possibilidades de hospedagem, EM BREVE, AQUI.